O paciente pode trocar de psicólogo?

18/08/2022 | Autoconhecimento, Comportamento

Trocar de psicólogo é algo que gera dúvidas entre os pacientes. Isso porque muitas pessoas não sabem se essa mudança pode ser feita ou gera algum tipo de prejuízo ao tratamento em curso.

Esses questionamentos são bastante justificáveis, afinal a terapia está entre os serviços mais delicados que existem. Falamos de um vínculo bastante forte entre paciente e profissional, então a insegurança na hora de mudar de profissional é justa.

Felizmente, todo paciente pode procurar outro profissional sem nenhum tipo de prejuízo. Como o avanço da investigação demanda confiança, às vezes a troca de profissional pode ser algo necessário para avançar nas sessões de terapia.

Para pôr fim a qualquer dúvida e mostrar como trocar de psicólogo com facilidade, você pode tomar alguns cuidados para evitar qualquer tipo de problema!

 

O que acontece quando o paciente decide trocar de psicólogo?

Todo paciente pode trocar de psicólogo e dificilmente um profissional tenta impedir ou dificultar essa mudança.

Como dito mais acima, o sucesso da terapia depende de confiança. Por isso, caso não haja segurança por parte do atendido, a melhor escolha é trocar de profissional e procurar outra clínica ou psicólogo para avançar no tratamento.

Você, enquanto paciente, pode trocar de psicólogo a qualquer momento sem arcar com prejuízos à terapia. Pelo contrário, o novo profissional pode oferecer um relacionamento mais adequado e garantir avanços mais significativos.

A mudança não precisa ser necessariamente justificada por desentendimentos. Ao invés disso, diferentes motivos podem abalar a relação entre paciente e psicólogo.

Por exemplo, a sensação de apatia em relação aos acontecimentos, sensação de estagnação na vida pessoal, falta de sinergia na entrevista, perda de oportunidades de intervenção, entre outros tantos casos.

No geral, o motivo é bastante subjetivo. Sendo assim, cabe ao próprio paciente julgar e decidir o que pode justificar a troca de psicólogo.

Porém, vale destacar que a mudança não deve ser tão abrupta.

LEIA TAMBÉM: Por que um psicoterapeuta não atende amigos e parentes?

 

O que fazer na hora de trocar de psicólogo?

Antes de trocar de psicólogo, você pode tomar precauções e evitar desgastes por parte do profissional que até então realiza o seu atendimento e, claro, por você mesmo.

O primeiro passo é conversar com o próprio psicólogo e apontar as razões do seu descontentamento. Nisso, juntos vocês podem encontrar uma solução ou decidir encerrar o ciclo de aprendizado realizado.

Caso as mudanças na terapia sejam feitas e mesmo assim a sensação de estagnação persista, não resta alternativa senão procurar outro psicólogo.

LEIA TAMBÉM: Psicologia online: como funciona?

Ao iniciar a procura, lembre-se de estar atento às características que você deseja no novo profissional. Já na primeira sessão você deve contar as situações presenciadas por você ao novo psicólogo.

Embora pareça exaustivo revisitar tantos momentos novamente, isso pode ser uma oportunidade para considerar perspectivas até então ignoradas.

Outro fator que deve ser considerado é pedir uma declaração psicológica do profissional que estava à frente do seu tratamento. O documento indica as técnicas utilizadas e crenças que estavam em investigação.

A partir disso, os psicólogos interagem entre si e conseguem acompanhar o seu caso com mais facilidade, sem necessariamente ter que refazer todos os passos do zero.

CONTINUE LENDO: Psicóloga também precisa fazer terapia?

Por fim, o mais importante de tudo ao trocar de psicólogo é iniciar a terapia 100% dedicada à mudança. Isso aumenta as chances de ter sucesso e acabar com as crenças que geram prejuízos a sua qualidade de vida.

Se você está em busca de ajuda para aumentar o autoconhecimento e ter mais qualidade de vida, venha conhecer a Clínica Desenvolviver.

Criado em 2017, pela psicóloga Fernanda Correa Brito (CRP 06/102387), o consultório de psicologia está localizado próximo ao metrô Santa Cruz, zona sul de São Paulo, e conta com equipe de psicólogas experientes e com diferentes especializações, todas credenciadas no Conselho Regional de Psicologia.

Além do atendimento presencial, a Desenvolviver oferece psicoterapia online. Para agendar a sua consulta, ligue (11) 3539-2939 ou mande um e-mail para recepcao@desenvolviver.com

Fernanda Brito

Fernanda Brito

Idealizadora e supervisora clínica da Desenvolviver, com especialização em Psicanálise Clínica e forte experiência em psicologia escolar e RH. Também promove palestras em empresas e eventos pelo Brasil, falando sobre temas como ansiedade, depressão, conflitos familiares, estresse pós-traumático, bullying, entre outros.

Newsletter

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.