O que é anedonia e como ela afeta o seu bem-estar?

24/02/2022 | Autoconhecimento

A anedonia é uma condição que envolve a perda de interesse em atividades que antes eram prazerosas. Este é um sintoma marcante da depressão, sendo um dos critérios principais para o diagnóstico do transtorno. 

Geralmente acompanhada de outros sintomas como fadiga, apatia, dificuldade de concentração e desânimo, a anedonia não deve ser encarada como uma tristeza. 

Durante o processo de diagnóstico da anedonia, é levada em consideração a duração de cada sintoma emocional a partir de observações realizadas pelo especialista que reúne relatos tanto do paciente, quanto de familiares e amigos. 

Se você perdeu o interesse por hobbies que antes despertavam prazer e tem lidado diariamente com algum dos sintomas mencionados anteriormente, conheça mais informações sobre a anedonia e como ela pode afetar seu bem-estar.

LEIA MAIS: Depressão masculina e depressão feminina: qual a diferença? 

 

Como a anedonia pode afetar o seu bem-estar? 

A anedonia e a tristeza possuem uma diferença significativa, ao contrário do que muitas pessoas podem pensar de imediato. 

Enquanto a tristeza não interfere em atividades simples do dia a dia ou persiste por questão de horas, a anedonia pode ter uma longa duração caso não receba o tratamento adequado, sendo capaz de afetar vários aspectos da vida como trabalho, relacionamentos, saúde e família por meses ou anos. 

A anedonia afeta sua maneira de ser e de estar no mundo, além de interferir diretamente na sua qualidade de vida. Quando não se encontra prazer em nenhuma atividade ou sequer na companhia de pessoas que antes promoviam boas risadas ou conforto emocional, a pessoa começa a enfrentar um completo “vazio” interior, até alcançar o patamar de isolamento social. 

Além dos sintomas mais comuns mencionados no início deste artigo (fadiga, apatia, dificuldade de concentração e desânimo) a anedonia também pode ocasionar: 

  • Alterações no sono, com cansaço excessivo ou insônia;
  • Aumento ou queda de peso sem o controle do paciente;
  • Diminuição ou perda total da libido.

A impossibilidade de se divertir pode afetar seu bem-estar bruscamente e a anedonia é uma condição que precisa de cuidados e atenção. Porém, é importante que você saiba que para esses sintomas existe tratamento e cura. 

Por se tratar de um sintoma que acompanha outro transtorno, como depressão, esquizofrenia, anorexia ou abuso de drogas, por exemplo, o primeiro passo é receber o diagnóstico de um especialista psicoterapeuta para que ao intervenção mais adequada seja iniciada. O tratamento da anedonia juntamente com a doença envolve sessões de psicoterapia, prescrição de medicamentos e estímulo à prática de atividade física. 

A duração do tratamento é determinada pela sua gravidade, podendo ser mantido durante anos ou pela vida inteira em casos mais graves.

Por isso, se você está com algum desses sintomas e percebeu que não houve sinais de melhora com o passar do tempo, é importante entrar em contato com um psicoterapeuta. 

LEIA TAMBÉM: Será que você sofre da Síndrome do Impostor? 

 

Você precisa de ajuda para recuperar o seu bem-estar e melhorar sua qualidade de vida? Venha conhecer a clínica de psicologia Desenvolviver. 

Criado em 2017, pela psicóloga Fernanda Correa Brito (CRP 06/102387), o consultório de psicologia está localizado próximo ao metrô Santa Cruz, zona sul de São Paulo, e conta com equipe de psicólogas experientes e com diferentes especializações, todas credenciadas no Conselho Regional de Psicologia.

Além do atendimento presencial, a Desenvolviver oferece a psicoterapia online. Para agendar a sua consulta, ligue (11) 3539-2939 ou mande um e-mail para recepcao@desenvolviver.com.

Fernanda Brito

Fernanda Brito

Idealizadora e supervisora clínica da Desenvolviver, com especialização em Psicanálise Clínica e forte experiência em psicologia escolar e RH. Também promove palestras em empresas e eventos pelo Brasil, falando sobre temas como ansiedade, depressão, conflitos familiares, estresse pós-traumático, bullying, entre outros.

Newsletter

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.