Psicoterapia para pessoas com TEA: por que é importante?

06/10/2022 | Autoconhecimento, Comportamento

A psicoterapia é um importante pilar para pessoas com TEA (Transtorno do Espectro Autista) e tem como principais objetivos auxiliar na interação social, reduzir as estereotipias e estimular a comunicação. Deste modo, o acompanhamento especializado proporciona mais qualidade de vida e independência.

Atualmente, a psicoterapia pode adotar diferentes tipos de abordagens. Entre todas, destaca-se o ABA, sigla em inglês de Applied Behavior Analysis ou Análise do Comportamento Aplicado em tradução para o português. Este método busca reforçar comportamentos positivos entre crianças, jovens e adultos.

Em relação aos comportamentos, podemos descrevê-los como valores sociais, acadêmicos e cotidianos. Portanto, a psicologia baseada em ABA trabalha todos os aspectos que buscam garantir uma vida mais autônoma para o pessoas com autismo, com a menor quantidade possível de barreiras.

 

Por que a psicoterapia para pessoas com TEA é essencial?

A psicoterapia para pessoas com autismo é um dos suportes que crianças, jovens e adultos com Transporto do Espectro Autista devem receber. Ao lado do psicólogo, há a necessidade da terapeuta ocupacional, fonoaudiólogo, fisioterapeuta e educador físico.

Juntos, esses profissionais trabalham em prol do desenvolvimento mais saudável da criança ou jovem com autismo e buscam atenuar comportamentos disfuncionais a partir da valorização de outras características importantes e mais positivas.

Especialmente no caso da psicologia, geralmente a atuação começa a partir da abordagem ABA, uma das mais populares no tratamento. 

Como explicado mais acima, o Applied Behavior Analysis foca em avaliar o comportamento em situações determinadas e utilizar técnicas com o propósito de reforçar aspectos positivos do comportamento das pessoas com autismo.

Assim, não é feito nenhum tipo de intervenção com foco em mudar o comportamento da criança, jovem ou adulto, mas, sim, afirmar as características positivas da pessoa com TEA e fazê-las sobrepor os pontos negativos.

LEIA MAIS: Pessoas com autismo: a importância da orientação psicológica aos familiares

 

Entenda o ABA e seu valor para pessoas com TEA

Na prática, a psicoterapia para pessoas com autismo ensina de modo intensivo e individualizado as habilidades necessárias à inclusão, pautando-se pela independência e qualidade de vida. Ou seja, o paciente aprende como desenvolver as características que o ajudam, atenuando dificuldades que poderiam ser encontradas ao viver em sociedade.

O tratamento se reflete em diferentes formas. Geralmente, os avanços são voltados aos comportamentos sociais e incentivos que promovem o aprendizado, seja através da escrita, leitura ou até matemática.

Em outros casos, a psicoterapia também trata de comportamentos danosos, como fugas, agressões, autolesões etc. Há ainda a promoção do autocuidado, isto é, atividades relacionadas à vida diária.

Aliado aos outros tipos de tratamento para pessoas com autismo, a psicologia é uma necessidade que busca a todo momento garantir as habilidades necessárias na hora de viver com autonomia.

Hoje, a sua importância é pautada por pacientes que relatam a redução do desânimo e da frustração. Ao ter todas as habilidades necessárias para o convívio em sociedade, o indivíduo com TEA aprende o que o motiva e o dá prazer.

Por isso, se você está em busca de orientação e de sessões de terapia para pessoas com autismo, venha conhecer a Desenvolviver Foccus, uma área da clínica Desenvolviver destinada ao atendimento de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA), Transtorno Opositor Desafiador (TOD), Síndrome de Down e Síndrome de Rett.

Criado pela psicóloga Fernanda Correa Brito Araujo (CRP 06/102387), o consultório de psicologia está localizado próximo ao metrô Santa Cruz, zona sul de São Paulo, e conta com equipe de psicólogas experientes e com diferentes especializações, todas credenciadas no Conselho Regional de Psicologia.

Além do atendimento presencial, a Desenvolviver oferece psicoterapia online. Para agendar a sua consulta, ligue (11) 3539-2939 ou mande um e-mail para recepcao@desenvolviver.com

Fernanda Brito

Fernanda Brito

Idealizadora e supervisora clínica da Desenvolviver, com especialização em Psicanálise Clínica e forte experiência em psicologia escolar e RH. Também promove palestras em empresas e eventos pelo Brasil, falando sobre temas como ansiedade, depressão, conflitos familiares, estresse pós-traumático, bullying, entre outros.

Newsletter

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.