Por que é tão difícil ouvir não?

09/12/2021 | Comportamento

Você conhece alguém que tem dificuldade em ouvir não? Ou, até você mesmo, sabe como lidar com a rejeição na seleção para um emprego, do amigo que não quer sair hoje ou daquele cara por quem você está apaixonada?

É muito doloroso ouvir não quando estamos na expectativa de ouvir um sim. Mas é importante saber que as frustrações fazem parte da vida e nos ajudam a crescer, a construir um novo olhar diante das situações que a vida nos oferece.

Ouvir não – e aceitá-lo – é também respeitar o livre arbítrio do outro em não concordar com a proposta que você fez. Por mais legal que você pareça ser, seu amigo pode não querer passear hoje, porque tem outros afazeres. Aquele rapaz pode dizer não ao seu pedido de namoro por motivos pessoais, totalmente alheios a você.

Ouvir não dói, mas é necessário saber acolher estas situações para que sejam menos espinhosas do que você muitas vezes faz parecer.

O não da sua amiga pode ser uma oportunidade de você perceber os benefícios de curtir sua própria companhia de vez em quando. O não do rapaz ao relacionamento pode machucar, mas também é uma oportunidade de reconstrução, de foco em outros sentimentos, de olhar para outros parceiros que também podem ser interessantes.

 

O que leva uma pessoa a não saber ouvir não?

Este comportamento muitas vezes é decorrente da forma como a pessoa foi criada.

Quando os pais foram muito permissivos e evitaram ao máximo negar qualquer coisa para o filho, esta pessoa vai crescer achando que pode ter tudo o que quer e não saberá lidar com quaisquer frustrações.

Ao mesmo tempo, pais severos demais, que falaram muitos nãos para o filho na infância, até nos momentos em que não precisavam ser tão severos, farão com que esta criança cresça e encare o não de forma traumatizante, achando a negação algo que sempre faz mal.

Essa incapacidade de ouvir não, por qualquer que seja o motivo, não afeta apenas a própria pessoa, mas todos ao redor, que acabam se afastando por acharem difícil lidar com este comportamento egoísta, mimado e pouco empático.

Em muitos casos, a pessoa que não sabe ouvir não nem percebe o quanto seu comportamento é errado e contribui negativamente para seu crescimento pessoal e profissional. A vida tem seus percalços e o não está aí para nos ensinar e nos livrar de situações que não seriam benéficas a curto ou a médio prazo.

Felizmente, é possível ressignificar o não e adotar comportamentos mais maduros diante dele. Sessões de terapia, comandadas por um profissional, podem ajudar a pessoa a entender as causas que geraram uma interpretação incorreta das negações que a vida oferece e, a partir daí, contribuir para um novo olhar diante das situações do dia a dia.

Você precisa de ajuda para construir um novo jeito de ouvir não e lidar com as frustrações de forma mais satisfatória? Venha conhecer a clínica de psicologia Desenvolviver.

Criado em 2017, pela psicóloga Fernanda Correa Brito (CRP 06/102387), o consultório de psicologia está localizado próximo ao metrô Santa Cruz, zona sul de São Paulo, e conta com equipe de psicólogas experientes e com diferentes especializações, todas credenciadas no Conselho Regional de Psicologia.

Além do atendimento presencial, a Desenvolviver oferece a psicoterapia online. Para agendar a sua consulta, ligue (11) 98229-5799 ou mande um e-mail para recepcao@desenvolviver.com.

Fernanda Brito

Fernanda Brito

Idealizadora e supervisora clínica da Desenvolviver, com especialização em Psicanálise Clínica e forte experiência em psicologia escolar e RH. Também promove palestras em empresas e eventos pelo Brasil, falando sobre temas como ansiedade, depressão, conflitos familiares, estresse pós-traumático, bullying, entre outros.

Newsletter

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat