A influência das redes sociais na nossa Saúde Psíquica

por | nov 27, 2017 | Psicoterapia | 0 Comentários

A cada dia o uso das redes sociais aumenta e cada vez prestamos menos atenção no mundo que nos cerca. Quanto mais olhamos para a tela dos celulares, menos olhamos para dentro, menos questionamos nosso mundo interno.

Do Facebook partem especialistas em todos os assuntos, porque afinal, ali posso dizer o que eu quiser sem correr o risco de ser criticado (e se existir a crítica, posso apagar o que escrevi, ou pior, apagar o que o outro escreveu). Não corro o risco de ser julgado, mas posso julgar o quanto quiser.

Criou-se a prerrogativa de ver o mundo a partir do meu parâmetro, sem a necessidade de ser coerente, razoável ou sensato – se o outro não concorda, posso deletá-lo, bloqueá-lo, sem o conflito direto que causaria se a opinião fosse dada frente à frente.

No mundo atual as redes sociais viraram locomotivas de ansiedades, incertezas e confusões, ao mesmo tempo que trazem novas ideias, ajudam empresas a ficarem mais próximas de seus clientes, impulsionam pessoas a se conhecerem por interesses em comuns.

Precisamos estar psicologicamente preparados para lidar com cada um desses conflitos que aparecem cada vez mais em nossos consultórios e criaram uma nova modalidade: a relação homem-mundo digital.


Fernanda Brito

Fernanda Brito

Idealizadora e supervisora clínica da Desenvolviver, com especialização em Psicanálise Clínica e forte experiência em psicologia escolar e RH. Também promove palestras em empresas e eventos pelo Brasil, falando sobre temas como ansiedade, depressão, conflitos familiares, estresse pós-traumático, bullying, entre outros.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *