PENSAMENTOS NEGATIVOS – Como eles ocorrem?

por | out 11, 2017 | Psicoterapia | 0 Comentários

Diante de alguns acontecimentos em nossa vida, temos pensamentos negativos que nem sempre condizem com a realidade, mas estamos tão envolvidos naquela situação e permeados de sentimentos confusos que não conseguimos enxergar outra forma de pensar. Listamos alguns pensamentos negativos que também podem ser chamamos de Distorções Cognitivas.

Ressaltamos a necessidade de uma psicoterapia para conseguir entender quando esses pensamentos acontecem e, nesse processo terapêutico, conseguir uma resposta positiva.  

2. CATASTROFIZAÇÃO: Vê o futuro de uma forma totalmente negativa sem considerar a existência de algo positivo. Exemplo: “Meu marido ainda não chegou em casa, deve estar com outra.” 

3. MINIMIZAÇÃO  DO  POSITIVO: Desconsidera o lado positivo de um acontecimento ou experiência. Exemplo: “Eu realizei um ótimo trabalho e apresentação, mas não significa que eu seja competente.” 

4. ARGUMENTAÇÃO  EMOCIONAL: Acredita que algo é verdadeiro porque sente (acredita naquilo) desconsiderando as evidências que possam existir. Exemplo: “Eu sei que  realizo todas as tarefas do meu trabalho, mas eu ainda me sinto como se eu fosse incompetente.” 

5. ROTULAÇÃO: Coloca um rótulo fixo em si mesmo ou nos outros sem considerar os acontecimentos. Exemplo: “Sou burra.”; “Ele é relapso.” 

6.  LEITURA MENTAL: Acredita saber o que a outra pessoa está pensando sem considerar outras possibilidades. Exemplo: “Ele está pensando que não saberei realizar a prova.” 

7.  SUPERGENERALIZAÇÃO: A pessoa conclui algo de uma forma totalmente negativa e generaliza as situações semelhantes. Exemplo: “Nessa empresa não terei amigos, assim como não tive em outras.” 

8. PERSONALIZAÇÃO: Se responsabiliza por um evento/situação que não está no seu controle. Exemplo: “Meu marido sofreu um acidente, porque emprestei o carro para ele”. 

9. DITADURA  DOS  DEVERIAS: A pessoa emprega constantemente o termo “eu deveria” o que lhe gera ansiedade constante. Cria expectativas sobre os outros  e quando não atendidas, sente-se frustrado causando um adoecimento psicológico. Exemplo: “Eu deveria passar o dia inteiro estudando.”; “Ele deveria me levar para jantar hoje.” 

10. VITIMIZAÇÃO: Sempre se sente como a vítima de qualquer situação e não se responsabiliza pelas suas escolhas. 


Fernanda Brito

Fernanda Brito

Idealizadora e supervisora clínica da Desenvolviver, com especialização em Psicanálise Clínica e forte experiência em psicologia escolar e RH. Também promove palestras em empresas e eventos pelo Brasil, falando sobre temas como ansiedade, depressão, conflitos familiares, estresse pós-traumático, bullying, entre outros.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Psicoterapia em São Paulo

A clínica Desenvolviver é especializada em psicoterapia clínica presencial e psicologia online.
Atendemos convênio e particular.
CRP/SP 06/6482/J

Localização

Estamos na Vila Mariana, perto da estação Santa Cruz. | Rua Afonso Celso, 469 – São Paulo (SP) | Cep: 04119-001

Agende sua sessão agora!

Telefone: 11 3539-2939
WhatsApp: 11 98229-5799