Qual o papel da psicoterapia na transição para a aposentadoria?

por | nov 19, 2020 | Psicoterapia | 0 Comentários

Na vida de todo trabalhador chega o momento de pensar na transição para aposentadoria. Este processo tem o apoio da psicoterapia e serve para auxiliar o indivíduo a lidar de maneira positiva com as mudanças profissionais e comportamentais que esta fase oferece.

A transição para aposentadoria não significa dizer adeus à atividade laboral, até porque muitos profissionais se sentem muito dispostos a manterem seus ritmos de vida. Implica em pensar em outras maneiras de se manter ativo, seja por motivos de satisfação pessoal, seja por necessidade.

As pessoas com mais de 60 anos estão cada vez mais dispostas a se manterem no mercado após a aposentadoria e a transição para aposentadoria vem ajudar a tornar esta nova condição de trabalho bem planejada e saudável.

LEIA MAIS: Orientação profissional: como o psicólogo pode ajudar neste processo

 

Entenda a relação entre psicologia e a transição para aposentadoria

A aposentadoria é encara pelo trabalhador de maneiras muito distintas.

Há quem fique feliz em saber que poderá passar mais tempo em casa com a família e realizar alguns desejos que ficaram guardados na gaveta devido à falta de tempo. E há quem fique inseguro, pensando na possível instabilidade financeira e na mudança de seu papel como pessoal economicamente ativa, correndo o risco de desenvolver quadros de ansiedade e depressão.

Em ambas as situações, a transição para aposentadoria supre o futuro aposentado de orientações e lhe oferece todo o suporte necessário para as novas etapas que virão.

É importante que a pessoa entenda a importância desta nova fase e aceite os sentimentos que ela desperta na sua vida, lidando com o cenário da melhor maneira. É por isso que a terapia é parte importante deste processo.

A psicoterapia pode entrar neste processo no momento em que o profissional está se desligando da empresa, como forma de prepará-lo para uma saída mais leve e estruturada emocionalmente.

Depois é hora de ajudar o aposentado entender este novo jeito de encarar sua condição de vida e a buscar maneiras bem-sucedidas de ser feliz.

A terapia auxilia no fortalecimento da autoestima e na orientação pela busca de novas oportunidades, seja para tirar proveito da pausa de forma assertiva, seja para se manter na ativa. Será que é hora de apenas curtir a vida, empreender ou de atualizar o currículo para buscar oportunidades diferentes no mercado? Com ajuda especializada, o aposentado pode se redescobrir e encontrar jeitos de se manter ativo com equilíbrio e felicidade.

LEIA TAMBÉM: Como a psicoterapia atua na reorientação profissional? 

Portanto, se você quer conhecer melhor o processo de transição para aposentadoria, venha conhecer a clínica de psicologia Desenvolviver.

Criado em 2017, pela psicóloga Fernanda Correa Brito (CRP 06/102387), o consultório de psicologia está localizado próximo ao metrô Santa Cruz, zona sul de São Paulo, e conta com equipe de psicólogas experientes e com diferentes especializações, todas credenciadas no Conselho Regional de Psicologia.

Além do atendimento presencial, a Desenvolviver oferece a psicoterapia online. Para agendar a sua consulta, ligue (11) 98229-5799 ou mande um e-mail para recepcao@desenvolviver.com.


Fernanda Brito

Fernanda Brito

Idealizadora e supervisora clínica da Desenvolviver, com especialização em Psicanálise Clínica e forte experiência em psicologia escolar e RH. Também promove palestras em empresas e eventos pelo Brasil, falando sobre temas como ansiedade, depressão, conflitos familiares, estresse pós-traumático, bullying, entre outros.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *