Como lidar com as emoções durante o puerpério?

por | maio 21, 2020 | Questões Emocionais | 0 Comentários

Dias após o parto tem início o puerpério. Esta fase, na qual o corpo da mulher começa a dar os primeiros sinais de que está retornando à sua forma antes da gravidez, traz consigo uma série de mudanças hormonais e emocionais.

O puerpério, também chamado de quarentena, tem início depois da retirada da placenta e dura cerca de seis semanas.  é considerado um grande desafio para muitas mulheres, até porque cada uma tem um jeito de lidar com as experiências que este período oferece.

A gente pode dizer que o puerpério é o momento em que a mulher vivencia fortemente os dilemas de mãe e mulher de forma simultânea, por isso precisa encontrar formas de lidar bem com tudo isso.

 

Puerpério: quais são os principais desafios?

No puerpério a mulher diz adeus à sua barriga de grávida e se dá conta de que agora tem um bebê em seus braços. Neste momento as idealizações a respeito da maternidade e do pós-parto começam a dar lugar à realidade do dia a dia.

Será que meu filho vai chorar a noite toda? Será que conseguirei alimentar meu bebê sem a ajuda da enfermeira? Será que darei bando sem machucá-lo? Será que eu serei capaz de entender os motivos do choro? Será que serei uma boa mãe para ele?

Essas são apenas algumas perguntas que martelam a cabeça de uma mãe durante o puerpério. Não bastava as mudanças de rotina para manter o bebê bem alimentado e limpo, essas preocupações insistem em tirar a nova mamãe do eixo, causando ainda mais ansiedade e insegurança.

Durante esse processo de mutações ocorre a queda hormonal, por conta da nova rotina. São noites mal dormidas, sentimentos de culpa sem muitos fundamentos, amamentação constante, enfim, são muitas preocupações e a taxa hormonal acaba sendo influenciada.

Soma-se a isso o lado mulher. Afinal de contas, o corpo está começando a iniciar sua volta ao normal e as dúvidas sobre quais mudanças ele trará, como será a libido e o relacionamento com o marido se misturam às novas preocupações que rondam o dia a dia de uma mãe de primeira viagem.

Portanto, o grande desafio do puerpério é saber lidar com tantas emoções simultâneas. Mutas vezes é difícil expressar com palavras o que está acontecendo, o que causa irritabilidade e angústia na mulher.

 

Como lidar com o puerpério?

Assim como tudo na vida, o puerpério passa. Pode ser mais difícil para algumas mulheres, mais fácil para outras. Mas, independentemente da forma que ele será vivido, vai deixar uma série de lições que serão levadas para o resto da vida.

Enquanto você vivencia este momento pós-parto, vou deixar aqui algumas orientações que podem ajudar:

 

Aceite a insegurança que vai bater

Você não está mais no leito de hospital, com enfermeiras cuidado de você e do seu bebê o tempo todo. É hora de bater no peito, assumir que você terá que levar o desafio de ser mãe sozinha e aceitar que pode cometer erros. A criança pode chorar mais em casa do que no hospital, você pode levar mais tempo para dar o banho, a pega da mama talvez não seja perfeita no começo, mas tudo vai se ajeitar, acredite.

 

Não seja autossuficiente o tempo todo

Essa nova fase de sua vida, acrescida de um turbilhão de emoções, será difícil e você não precisa passar por isso sozinha. Peça ajuda para o companheiro, para os amigos, parentes, enfim, crie uma rede de apoio para se sentir mais segura e protegida nesses primeiros dias que exigem tanto de você e do bebê. Afinal de contas, é sempre bom ter alguém para dar uma olhada no bebê enquanto você toma um banho bem relaxante.

 

Converse com seu médico

Não adianta pirar com cada mudança que identificar no seu corpo. É importante que você converse abertamente com seu médico para se preparar para cada mudança que ocorrer. Essas orientações vão ajudar você a lidar melhor com o puerpério com mais conhecimento e equilíbrio.

 

Diga como se sente

O puerpério causa emoções que muitas vezes levam a mulher do riso ao choro em questão de minutos. Nessas horas de insegurança emocional é muito importante ter alguém para conversar, que saiba ouvir você sem julgamentos e que tenha empatia pela sua situação. Nessas horas é importante também fazer terapia, mesmo que virtual, para entender todas essas mudanças emocionais e encontrar os melhores caminhos para lidar com elas.

Nós podemos ajudar você. Se busca um auxílio profissional para lidar melhor com o puerpério e se sentir mais segura e feliz, conheça a clínica de psicologia Desenvolviver.

Criado em 2017, pela psicóloga Fernanda Correa Brito (CRP 06/102387), o consultório de psicologia está localizado próximo ao metrô Santa Cruz, zona sul de São Paulo, e conta com equipe de psicólogas experientes e com diferentes especializações, todas credenciadas no Conselho Regional de Psicologia.

Além do atendimento presencial, a Desenvolviver oferece a psicoterapia online. Para agendar a sua consulta, ligue (11) 98229-5799 ou mande um e-mail para recepcao@desenvolviver.com.


Fernanda Brito

Fernanda Brito

Idealizadora e supervisora clínica da Desenvolviver, com especialização em Psicanálise Clínica e forte experiência em psicologia escolar e RH. Também promove palestras em empresas e eventos pelo Brasil, falando sobre temas como ansiedade, depressão, conflitos familiares, estresse pós-traumático, bullying, entre outros.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *