O processo do Luto

por | abr 23, 2018 | Questões Emocionais | 0 Comentários

O luto é um processo importante para aquele que perdeu alguém ou algo. Quando falamos desse assunto, muitas pessoas entendem o luto pela morte de algum ente querido. Mas, também existe a vivência do luto pela perda de algo importante, seja um emprego, um relacionamento, ou até mesmo algum objeto.

Dentro disso, existem aqueles que lidam melhor com a perda e aqueles que apresentam uma dificuldade maior diante da situação. O individuo enlutado tende a afastar-se das outras pessoas e ficar melancólico. Diante desse fato, é de suma importância que os familiares compreendam  o comportamento da pessoa enlutada e o permita viver todas as fases do luto para que este seja elaborado.  É necessário ter a vivência do luto para que o vazio deixado pela perda seja preenchido. As fases do luto estão relacionadas a negação, raiva, barganha, depressão e aceitação.

1) Negação: o indivíduo acaba negando o problema, tenta encontrar algum jeito de não entrar em contato com a realidade.

2) Raiva: o indivíduo se revolta com o mundo, sente-se injustiçado(a) e não se conforma por estar passando por tal situação.

3) Barganha: Nessa fase o indivíduo passa a negociar com alguém ou até mesmo com si próprio, com a intenção de que aquele problema seja solucionado por meio de promessas de melhoria.

4) Depressão: A pessoa se retira para seu mundo interno, se isolando, melancólica e se sentindo impotente diante da situação.

5) Aceitação: Nesse estágio consegue enxergar a realidade como realmente é, ficando pronto pra enfrentar a perda ou a morte.

Não necessariamente a pessoa passará por todos os estágios do luto, pode acontecer de passar por 1 ou 2 no máximo, porém é importante que alguma dessas fases seja concluída. Vemos muitos casos onde a pessoa que está vivenciado o luto escuta “Não chora!”, “Você precisa ser forte”, “Isso vai passar”. Essas frases precisam ser DESCARTADAS, é imprescindível que vida cada momento, ter raiva quando tiver que ter raiva, chorar quando tiver que chorar, pois por meio da exposição desses sentimentos ela poderá preencher a dor da perda. É um erro querer privar o outro de SENTIR, ter suas emoções. As vezes achamos que são palavras de conforto. Mas, na verdade são palavras de inibição para aquele sentimento. 


Fernanda Brito

Fernanda Brito

Idealizadora e supervisora clínica da Desenvolviver, com especialização em Psicanálise Clínica e forte experiência em psicologia escolar e RH. Também promove palestras em empresas e eventos pelo Brasil, falando sobre temas como ansiedade, depressão, conflitos familiares, estresse pós-traumático, bullying, entre outros.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Psicoterapia em São Paulo

A clínica Desenvolviver é especializada em psicoterapia clínica presencial e psicologia online.
Atendemos convênio e particular.
CRP/SP 06/6482/J

Localização

Estamos na Vila Mariana, perto da estação Santa Cruz. | Rua Afonso Celso, 469 – São Paulo (SP) | Cep: 04119-001

Agende sua sessão agora!

Telefone: 11 3539-2939
WhatsApp: 11 98229-5799