Tristeza ou Depressão

por | jun 21, 2018 | Questões Emocionais | 0 Comentários

Existem formas substanciais para diferenciar a tristeza da depressão?

     Muito certamente, você já tenha se sentido triste em alguma momento de sua vida. Seja por desentendimento, uma perda relevante mediante a um luto  ou por qualquer outro acontecimento negativo, esses sentimentos se posiciona de forma diferente na vida de um sujeito, assim podendo durar mais tempo para uma pessoa do que para outra, pois a tristeza nada mais é do que a questão de uma passagem.

     A partir disso podemos notar que não é nada incomum confundir a tristeza com a depressão, pois a forma com que uma e outra acontecem pode causar uma certa má interpretação entre elas, mas estamos aqui para explicá-las e assim os auxiliar nessa divisão e interpretação das mesmas. Em algum momento de sua vida tenho certeza que já ouviu falar tal frase “Estou me sentindo depressivo ou mesmo estou deprê”. Se olharmos mais profundamente essa frase constataremos que é muito mais possível e certeiro dizer que essa pessoa se encontra apenas triste, com isso compreendemos que a palavra depressão que contém um peso está sendo erroneamente colocada, com isso é muito importante que antes de rotularmos quaisquer que seja um sentimento saibamos diferenciar uma da outra, assim evitando tratamentos inadequados.

     Para que isso seja possível, antes mesmo que queiramos entrar no entendimento do significado de cada palavra, devemos compreender que a tristeza nada mais é do que um sentimento, que poderá nos acometer a qualquer momento e  com qualquer pessoa. Há tristeza como já dito anteriormente é um sentimento que será carregada a partir de um motivo, motivo esse que fará com que o sujeito fique remoendo o porque daquilo.

     Você pode agora estar se perguntando se a tristeza traz algum sintoma junto a ela, e respondo que sim é possível. Sendo assim, a pessoa triste pode sentir sintomas físicos no corpo, que pode ocorrer a partir de: aperto no peito, coração acelerado, angústia e choro. Por outro lado se nesse contexto algo bom vier acontecer em sua vida, ela conseguirá esquecer esse motivo e vivenciar a alegria, e não mais será perturbada pelo sentimento negativo.

     Por outro lado, a depressão trata-se de uma doença que causa intenso sofrimento tanto para a pessoa acometida por esse transtorno, quanto para os que convivem com ela. A depressão pode ocorrer com sujeitos de qualquer idade, e é extremamente necessário com que haja um tratamento específico.

     Diferente do que falamos a pouco da tristeza, à depressão não precisa ter um motivo aparente para ocorrer, a partir disso se acontecer algo muito bom na vida de uma pessoa que está com depressão, como ganhar um carro ou até mesmo ganhar na Mega-Sena a pessoa continuará triste e não conseguirá aproveitar o momento e se divertir. O motivo disso ocorrer é que a depressão causa uma grande queda de energia vital, nesse sentido, a depressão causa diversas alterações capazes de afetar o funcionamento do indivíduo nas mais diversas áreas de sua vida.

     Para que fiquei muito mais claro, e  seja possível você que está lendo esse texto entender de que forma podemos interpretar que talvez a pessoa esteja com depressão, posso citar 10 sintomas a seguir, importante destacar que esses não são os únicos sintomas da depressão e podem variar de acordo com cada pessoa.

     Confira os sintomas mais comuns da doença:

  • Pessoa apática;

  • Diminuição da vontade em realizar a maioria das atividades que no passado eram realizadas com prazer;

  • Humor deprimido;

  • Baixo amor próprio, gerador da falta de esperança;

  • Alterações no sono e no apetite;

  • Perda ou ganho significativo de peso, sem que seja causado por vontade própria;

  • Perda de energia e ou fadiga;

  • Sentimento de culpa;

  • Sentimento de inutilidade;

  • Baixa autoestima;

  • Pensamentos de morte: medo de morrer, idealização suicida, tentativa de suicídio.

     Sendo assim a depressão é uma doença que nos obriga a parar, nos desviando do caminho habitual, fazendo com que possamos “dar um tempo” para reavaliarmos tudo o que estamos vivendo, para que essa doença seja tratada de forma correta e plena tempos como ferramenta o processo terapêutico que auxiliará em dais episódios, identificando o contexto da tristeza e auxiliando no desvincilhamento da depressão, trabalhando através da compreensão mais profunda sobre as causas que desencadeou tal sentimento, possibilitando no reencontro do sujeito com ele mesmo.

     Se você se identificou com alguns dos sintomas descritos no texto, busque ajuda de profissionais capacitado, apenas ele poderá diagnosticar casos de depressão e instruir sobre os tratamentos mais adequados


Fernanda Brito

Fernanda Brito

Idealizadora e supervisora clínica da Desenvolviver, com especialização em Psicanálise Clínica e forte experiência em psicologia escolar e RH. Também promove palestras em empresas e eventos pelo Brasil, falando sobre temas como ansiedade, depressão, conflitos familiares, estresse pós-traumático, bullying, entre outros.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Psicoterapia em São Paulo

A clínica Desenvolviver é especializada em psicoterapia clínica presencial e psicologia online.
Atendemos convênio e particular.
CRP/SP 06/6482/J

Localização

Estamos na Vila Mariana, perto da estação Santa Cruz. | Rua Afonso Celso, 469 – São Paulo (SP) | Cep: 04119-001

Agende sua sessão agora!

Telefone: 11 3539-2939
WhatsApp: 11 98229-5799