Como superar o fim de um relacionamento longo?

como-superar-o-fim-de-um-relacionamento-longo

Como superar o fim de um relacionamento longo?

O mundo evolui, as pessoas se transformam e as relações também. Mas por mais que estejamos em constante movimento, ainda não existe ainda uma receita caseira sobre como superar o fim de um relacionamento longo. Algumas pequenas ações, contudo, ajudam a lidar com um término. E é sobre isso que vamos falar hoje.

Você já imaginou se todos os casais estivessem presos no “felizes para sempre”? Uma vida baseada em um conceito idealizado – e muito tratado – em filmes e comerciais de margarina, onde não há espaço para tristeza ou brigas, não parece caber nos dias de hoje. E, de fato, não cabe.

Nem todo mundo tem o seu final feliz e tudo bem. O importante é sempre estar bem consigo mesmo e garantir que o respeito continue presente, por mais difícil que isso seja.

Acontece que enxergar algo positivo em um término não é fácil, já que a palavra por si só já assusta.

LEIA MAIS: Mudança de comportamento: quando vale a pena rever as atitudes na relação

 

Por que um relacionamento termina?

Todos os dias, milhares de casais se separam em todo o mundo, por diversos motivos. Enquanto o início de um relacionamento é pautado pelo amor, a vontade de estar perto, o sonho de um futuro em comum, um casamento pode decretar falência quando as expectativas não são mais atendidas.

Em relacionamentos longos, especialmente, que começaram quando os dois ainda eram jovens, é comum que essa falta de alinhamento surja em algum momento. Isso porque as pessoas passam por diferentes fases, como casais e como indivíduos, e nem sempre é possível enfrentar os problemas.

Falta de comunicação e de investimento na relação, por exemplo, são problemas comuns, assim como a falta de parceria, crise sexual ou financeira. Mas, entender o cerne do problema e reconhecer o fim de uma relação nem sempre é fácil.

Não à toa, muitas pessoas relutam em aceitar que o amor não existe mais e se agarram a uma realidade distorcida, o que leva a mágoas, culpa e muitos outros sentimentos.

Outras, por sua vez, continuam se alimentando das memórias de tempos bons para tentar nutrir o sentimento. Mas isso não necessariamente é saudável – e só comprova que é preciso entender como superar o fim de um relacionamento longo para seguir em frente.

 

Dicas para quem deseja entender como superar o fim de um relacionamento longo

É muito complicado estabelecer diretrizes ou caminhos a serem seguidos quando o assunto é como superar o fim de um relacionamento longo. Esta, aliás, pode ser uma das experiências mais difíceis e dolorosas que alguém pode vivenciar – há quem sinta na pele essa dor de amor.

Para além dos sentimentos de perda, tristeza e raiva, em alguns casos, existe também a sensação de confusão e vazio. Por isso, esta é a hora de dar tempo ao tempo e respeitar os limites.

Ao terminar um relacionamento, é preciso também focar em coisas que fazem bem e sejam capazes de arrancar sorrisos e suspiros. Reaprender a viver sem alguém que lhe acompanhou durante um longo período não é tarefa fácil, mas o processo é necessário para que a vida siga o seu curso.

Para quem deseja entender como superar o fim de um relacionamento longo, algumas dicas são preciosas. Embora sejam bem conhecidas, elas podem ser um pouco desafiadoras de serem colocadas em prática, por isso nunca é demais reforçar:

  • Acolha seus sentimentos e respeite o seu tempo;
  • Redescubra-se e experimente novas habilidades, hobbies e experiências;
  • Trace uma meta ou plano para o seu futuro;
  • Cuide de si mesmo e aposte na prática de uma atividade física e alimentação saudável;
  • Permita-se viver, sem culpa ou tensões.

LEIA TAMBÉM: Dedo podre: como lidar com a frustração de namorar homens 

É importante, ainda, estar ao lado de pessoas que lhe querem bem. Apoiar-se em amigos e familiares permite olhar a vida sob outras perspectivas e ressignificar os sentimentos. Da mesma forma, é importante contar com apoio profissional para entender o momento e encontrar soluções para superar essa fase de um jeito mais adequado.

Na Clínica Desenvolviver você receberá toda a assistência de psicólogas certificadas.

Criado em 2017, pela psicóloga Fernanda Correa Brito Araujo (CRP 06/102387), o consultório de psicologia está localizado próximo ao metrô Santa Cruz, zona sul de São Paulo, e conta com equipe de psicólogas experientes e com diferentes especializações, todas credenciadas no Conselho Regional de Psicologia.

Além do atendimento presencial, a Desenvolviver oferece psicoterapia online. Para agendar a sua consulta, ligue (11) 3539-2939 ou mande um e-mail para recepcao@desenvolviver.com.

 

Fernanda Correa Brito Araujo
Fernanda Correa Brito Araujo

Idealizadora e supervisora clínica da Desenvolviver, a psicóloga Fernanda Correa Brito Araujo (CRP 06/102387) tem especialização em Psicanálise Clínica, Neuropsicologia e Psicologia do Trânsito, forte experiência em Perícia Forense, Psicologia Escolar e Recursos Humanos, com passagem por multinacionais como Roche, Allergan e General Eletric do Brasil.

Categorias
Veja também
Contato
Siga Nossas Redes