Quais os sintomas da depressão?

por | jun 6, 2019 | Questões Emocionais | 0 Comentários

O dia a dia de qualquer ser humano possui altos e baixos, mas quando alguém carrega os sintomas da depressão, o lado positivo da vida perde força e, aos poucos, todas as coisas passam a não fazer mais sentido.

Para muitos, a descrição acima pode soar estranha, mas é assim que pessoas com depressão costumam se sentir. Tudo que antes dava prazer perde o brilho, até mesmo porque o ânimo e a força para realizar as mais diferentes atividades desaparecem em um piscar de olhos.

Depressão não é frescura, é doença! Por isso, é importante que se leve a sério as mudanças de comportamento de uma pessoa que até então levava uma vida feliz, mas que, de repente, passa a ficar reclusa, sem autoestima e com crises de choro.

 

Conheça os sintomas da depressão

A depressão é uma doença que maltrata não apenas a pessoa que a desenvolve, mas todos ao seu redor. Sem forças para olhar o presente e o futuro com otimismo e esperança, quem é diagnosticado com essa doença deixa de encontrar satisfação nas coisas que antes lhe faziam bem.

Ao perceber que uma pessoa passou a viver momentos profundos de tristeza e se mostra apática a maior parte do tempo, é importante procurar um médico para obter um diagnóstico mais preciso e também sessões de psicoterapia para auxiliar no tratamento. Em certos casos, é importante incluir medicamentos no processo.

A depressão pode ser originada por diferentes motivos: morte de um ente querido, constantes conflitos familiares, consumo de drogas, questões genéticas e acontecimentos como bullying, abuso sexual, divórcio e perda de emprego.

Os sintomas mais comuns da depressão são:

  • Apatia
  • Redução do amor próprio
  • Angústia
  • Baixa autoestima
  • Insônia
  • Choro persistente
  • Sentimento de culpa e inutilidade
  • Irritabilidade
  • Desesperança

A depressão também causa outros desconfortos, como dores no corpo, pressão no peito, constipação e peso nos ombros.

O estresse também pode desencadear algum tipo de transtorno mental, tudo vai depender da forma que a pessoa interpreta as mais diferentes situações vivenciadas.

Em certas situações, a depressão atinge níveis tão profundos que faz com que a pessoa tenha ideações suicidas, como forma de colocar um fim à dor que ela não consegue mais suportar.

 

Sintomas da depressão atingem mais mulheres do que homens

Essa doença tem colocado o Brasil em um ranking bastante ruim. De acordo com o relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS), o nosso país é considerado o mais ansioso e estressado da América Latina.

A depressão acomete 5,8% dos brasileiros – a maior taxa do continente latino-americano. O estudo revela ainda que as mulheres sofrem mais: 5,1% delas são deprimidas. Entre os homens, o número é de 3,6%.

Em 10 anos, o número de pessoas com depressão aumentou 18,4%, o equivalente a 322 milhões de indivíduos ou a 4,4% da população da Terra. E, ainda de acordo com a OMS, até 2020 a depressão será a doença mais incapacitante do planeta.

 

Depressão e tristeza: qual a diferença?

É muito comum as pessoas confundirem tristeza com depressão, pois as duas situações causam momentos de apatia e angústia. Mas elas são diferentes.

A tristeza acontece por um motivo específico, dura um determinado tempo, mas não incapacita a pessoa como acontece com a depressão. Uma crise de tristeza é amenizada quando a pessoa compreende a situação que tirou a sua alegria, volta sua atenção para as coisas que gosta de fazer ou está acompanhada de amigos e familiares que lhe fazem bem.

Já a depressão é fruto de uma série de motivos que, juntos, retiram as energias e o ânimo da pessoa. É de longa duração e precisa ser tratada com psicoterapia, ajuda médica e, às vezes, remédios.

A depressão não passa quando a pessoa se dedica a atividades que proporcionam algum tipo de prazer, até mesmo porque, em muitos casos, a doença afeta fortemente os níveis de energia e autoestima.

É importante que amigos e familiares compreendam muito bem as diferenças entre tristeza e depressão para que possam dar o suporte correto.

Há casos nos quais a pessoa está com depressão, mas não encontra apoio dos familiares e amigos próximos, que descrevem o quadro como algo passageiro ou até mesmo como preguiça.

Depressão tem cura?

Os sintomas de depressão têm diferentes níveis e todos têm cura quando tratados adequadamente. Assim que um amigo ou familiar ou a própria perceber alguns dos sintomas de depressão descritos acima por tempo prolongado, é importante procurar um médico e um psicólogo para avaliação.

As sessões de terapia são muitos importantes para que a pessoa compartilhe suas angústias com um profissional neutro e capacitado para oferecer o suporte mais adequado.

Junto com as sessões de terapia, é importante tomar os remédios – caso sejam necessários –, manter uma alimentação saudável, evitar drogas e álcool e praticar exercícios físicos para aumentar a sensação de bem-estar.

Se você está em busca de um profissional que lhe ajude a superar os sintomas da depressão, conheça a clínica de psicologia Desenvolviver.

Criado em 2017, pela psicóloga Fernanda Correa Brito, o consultório de psicologia está localizado próximo ao metrô Santa Cruz, zona sul de São Paulo, e conta com equipe de psicólogas experientes e com diferentes especializações, todas credenciadas no Conselho Regional de Psicologia.

Além do atendimento presencial, a Desenvolviver oferece a psicoterapia online. Para agendar a sua consulta, ligue (11) 98229-5799 ou mande um e-mail para recepcao@desenvolviver.com.

Para ler outros assuntos sobre o universo da psicoterapia, clique aqui.


Fernanda Brito

Fernanda Brito

Idealizadora e supervisora clínica da Desenvolviver, com especialização em Psicanálise Clínica e forte experiência em psicologia escolar e RH. Também promove palestras em empresas e eventos pelo Brasil, falando sobre temas como ansiedade, depressão, conflitos familiares, estresse pós-traumático, bullying, entre outros.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *